07 abril, 2006

Subitamente o ar está mais respirável nestes quatro dias, os nossos representantes foram até a um país irmão receber lições de democracia

James Joyce passou por cá acompanhado por Samuel Beckett

Pulga fechou ontem com a chegada de duas novidades:
“REFLECTIR O PORTO e a Região Metropolitana do Porto, presente e futuro de uma cidade com passado e da sua. Análises, pareceres e outros textos sobre o ambiente e urbanismo elaborados pela associação Campo Aberto ou com a sua participação”. Uma edição da Campo Aberto, 11,40 euros, preço Pulga.

“A MALDIÇÃO DAS BRUXAS DE FERREL, de Mariano Calado: neste romance-realidade, tecido entre ficção e história fidedigna, com alusões aos tempos da Inquisição, narra-se a revolta do povo de Ferrel, em 1976, contra a ameaça de instalação de uma central nuclear. Questão de novo actual, no contexto de antigos e novos dilemas energéticos”. Uma publicação Edições Sempre-Em-Pé, colecção Terra e Gente, segundo título, 9,50euros, preço Pulga.

Reabri para receber Daniel Faria que queria Poesia para oferecer à sua viúva, a doce e sufocante Ofélia

Pulga zarpou de seguida para o Instinto e o seu Duplo, o fatal
Instinto de sobrevivência