10 março, 2009

UMA COISA EM GRANDE,
Monólogo de um Parábase
De A. Dasilva O


- Olá Braga, como está?
- Olá grande amigo, trata-me por tu, Antero, dá cá um abraço há muito tempo que não te punha a vista em cima
- Cá vamos andando, obrigado
- Esta cidade está uma lástima, ninguém faz nada, é a paz podre autêntica
- Estou a trabalhar numa cena
- Isso é óptimo sabes que sou um admirador da tua pessoa, qualquer coisa já sabes
- Obrigado
- E então o que é
- É uma perfomance poética…DESVENDAR O MISTÉRIO DA POESIA e estava a pensar fazê-la aqui…
- Espectacular, tem de ser uma coisa em grande
- Vou trazer uma sinopse…
- Para ti, já sabes, tudo, telefona-me para a semana e vamos almoçar aí a sítio barato, sabes como é…

Um mês depois
- Olá Antero ainda não tive tempo, mas esta semana, não, mas para a semana
telefona-me que vamos aí almoçar a um sítio barato, ok?
- Certo, Braga, não há pressa entretanto já leste a sinopse?
- O quê?
- O projecto da perfomance
- Sei lá, pá, não é preciso nada, já está tudo à tua disposição, confio em ti.....

Uma, duas semanas, um mês, dois e três…
- Almoçámos na próxima, pode ser Antero? Agora desculpa-me que estou ocupado…mas já sabes que gosto muito de ti …e vamos fazer uma coisa em grande…certo? Aparece aí tal dia, às tantas horas
- Muito bem Braga

Tal dia às tantas horas

- É pá desculpa lá pá, mas nunca mais me lembrei, mas para a semana telefona e vamos aí almoçar a um sítio barato, mas hoje é impossível tenho uma unha encravada…Já sabes a saúde está primeira e esta cidade é uma merda e eu estou com pouco saldo, mas já sabes que...

Mais umas semanas, meses

- Então, Antero, por onde tens andado, pá? Nunca mais tratámos daquilo ou já não queres fazer? Já sabes, tem de ser uma coisa em grande e comigo já sabes, gosto muito de ti e nestas duas semanas não, sei lá, mas depois do ano novo, sabes como é a gente tem de aproveitar pois esta cidade está deprimida, e é preciso dar-lhe umas sacudidelas e sempre em grande…

Passagem de ano mais semana, menos semana

- Olá Antero, ainda não morreste? Dá cá um abraço grande amigalhaço
- Olá Braga, fica combinado para o dia 21 de Março que é o dia da Poesia
- Pensei que era o dia da criança...bom, já está aqui apontado na agenda .
- E é preciso tratar disto e daquilo e mais daqueloutro
- Aparece aí para a semana

Umas semanas depois

- Então Braga?
- Olá conta aí o que queres fazer, Antero?
- Mas …
- Sabes como é pá, estas merdas…
- Mas…
- Mas isso é uma loucura, o que pedes, sabes como está esta cidade, não sei não me convém …quer dizer…mas vamos avançar não?
- E as licenças
- Licenças?
- Helicóptero …
- Deixa lá ver, aparece aí para a semana…

Semana seguinte com a promoção já em adiantado estado de divulgação

- Olá Antero, mas não consegui nada só me pedem burocracia, papeis para aqui e para acolá
- Não vamos desvendar o “mistério”?
- Tu sabes que gosto muito… sabes que comecei a usar fraldas...esta cidade de merda...
- Braga, não há "mistério"? Tenho os convites...a comunicação social.....
- Não, pá, daqui a uns tempos a malta faz aí uma coisa em grande