15 outubro, 2016

Eis a Piolho # 20: Paulo Moreira(ilustrações págs 2 e 48), Alexandra Couts, Adília César, Maria da Inquietação Fausto, Nazaré de Sant’Ana, Eduardo Quina, Carlos Ramos, Francisco Cardo, Fernando Esteves Pinto, Jorge Humberto Pereira, Humberto Rocha, João Rasteiro, João Meirinhos, Paulo M. Rema, Pedro Águas, Rui Azevedo Ribeiro, Sérgio Ninguém, Nunes Zarel.leci, José Guardado Moreira, Alberto Caeiro, Álvaro de Campos, Blaise Cendrars e Appolinaire fazem mais ou menos por esta desordem este Número PIOLHOs D’ORFEU o vigésimo outubro 2016 Coordenado por Fernando Guerreiro e A. Dasilva O. Arranjo gráfico e Capa: Meireles de Pinho

videoEu ganhei o primeiro nobel da literatura sem saber ler nem escrever, lembram-se? e o prémio foi uma cruz, certo? Onde até hoje sangro, também pelos cotovelos, o Livro dos Livros. Aprendam que eu duro sempre, diz o poema, ditado, entre Deus e Diabo
Je suis Bob Dylan an an an, diz o poema

Je suis Dario Fo ull, diz o poema

Dario Fo e Bob Dylan juntos são dinamite, diz o poema


Um nobel de ressaca, diz o poema, com gelo? Naturalmente com gás?

a Contracultura ao poder e que se foda o nobel com dinamite, diz o Poema

Por quem os arrotos e peidos dobram? Diz o poema